Torneio do CAB
 
 
 
Liga Feminina: Quinta dos Lobos X CAB - dia 14/01/2018 às 18h00    Liga Masculina: CAB x Vitória Guimarães 13/01/2018 às 15h30    Horários da Formação: Poderá consultar os horários dos treinos da formação aqui    LIGA FEMININA: Algés X CAB dia 13/01/2018 às 15h00    
 
 
NOTÍCIAS
 

06/12/2014
CAB MASCULINO INFELIZ FRENTE AO VITÓRIA

Amigos caem nos últimos segundos após esforço notável

A equipa masculina do CAB recebeu a formação do Vitória em mais um jogo a contar para a fase regular da Liga Masculina. Para os jogadores do CAB, o jogo era a primeira de duas partidas que irão disputar neste fim-de-semana alargado, com a segunda a ter lugar na segunda-feira, em Ovar, contra a formação local, mas a contar a Taça de Portugal. No jogo de hoje, os comandados por João Paulo Silva tinham pela frente uma equipa organizada e muito coesa, que, além de experiência, tem apresentado nos últimos anos um nível competitivo muito elevado. Não se antevia, por isso, uma tarefa fácil para os madeirenses.

O jogo começou melhor para a formação do CAB, que 'cilindrou' o adversário com 30 pontos em dez minutos. O Vitória também anotou 24 pontos, porém o domínio foi claramento dos homens da casa, liderados por um Aaron Jordan muito inspirado, que, no primeiro tempo, já levava 14 pontos anotados.

No segundo tempo, a supeioridade foi dos visitantes, que venceram o período por 8-21, chegando ao intervalo na frente do marcador por 38-45. O CAB, surpreendentemente, registou uma prestação ofensiva muito menos conseguida e também expressou maiores lacunas na defesa, que foram meritoriamente exploradas pelo adversário para afirmar a sua superioridade na partida e passar para a frente do resultado. 

Quando as equipas recolheram aos balneários, a estatística revelava que, no lado dos madeirenses, os mais inconformados era Aaron Jordan (17) e Jovonni Schuler (9). Já nos visitantes, Jose Silva (14) estava com a 'mão quente', sendo bem acompanhado por Nebojsa Pavlovic (9). No importante capítulo dos ressaltos, o Vitória levava superioridade (22 ganhos contra apenas 15 do CAB). Já nas perdas de bola e nos desarmes de lançamento, as equipas estavam empatadas, com 4 anotações em cada uma das categorias. 

No regresso dos balneários, o CAB entrou determinado a virar o jogo e a voltar a dominar o decorrer da partida. Com uma prestação defensiva muito conseguida, os Amigos venceram o terceiro tempo por 27-13 e entraram no derradeiro período a vencer por 65-58. Sonhava-se com a vitória no Pavilhão do CAB, com a equipa a ter em Aaron Jordan (25), Jononi Schuler (15) e Tommie Eddie (10) as suas principais referências. 

No último período, o CAB esteve na frente até aos derradeiros 50 segundos do encontro, altura em que os visitantes empataram a partida. A partir daí, os Amigos cometeram um número de erros infelizes, que permitiram aos adversário materializar a reviravolta que poucos julgavam ser possível, mas que aconteceu. Com mérito, o Vitória ganhou o jogo por 82-80, para desânimo dos da casa e das pessoas presentes no Pavilhão do CAB. 

Em termos individuais: Aaron Jordan (29), Jose Correia (9), Stefan Djukic )6), Jovonni Schuler (22), Jorge Coelho (2), Tommie Eddie (12). 

APRESENTAÇÃO DAS EQUIPAS DA FORMAÇÃO

Continuar...


 



Hino Oficial do Clube Amigos do Basquete

 

 

 
 
 
 
 
cab-madeira.com © 2018. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: www.mdxmedia.com